Celebração em memória das mulheres recentemente falecidas

IMG_5072

Uma missa de sétimo dia em memória de duas mulheres mortas em acidente de transito foi realizada na sede do Projeto Oblata Diálogos pela Liberdade esta segunda feira , dia 21 de agosto. Continuar lendo

Anúncios

Projeto Diálogos pela Liberdade defende os direitos humanos das mulheres que exercem a prostituição

Cerca de 3.000 mulheres exercem a prostituição nos hotéis da Zona Guaicurus. Anualmente, abordamos mais de 1.000 mulheres neste contexto, totalizando uma média de 5.500 demandas de atendimentos. Somos o Diálogos pela Liberdade, um projeto da Rede Oblata Brasil.

NOSSA MISSÃO é promover a cidadania e a autonomia das mulheres que exercem a prostituição, enfrentando o preconceito, a violência e a desigualdade de gênero.

Confira nosso vídeo institucional, produzido pela Conectidea – Comunicação e Articulação Social.

ABORDAGEM

Nós vamos ao encontro das mulheres por meio de visitas aos locais de prostituição. Levamos informação e as convidamos para o nosso espaço de acolhida, onde elas são recebidas e orientadas pela nossa equipe. Este é o primeiro passo de muitos que virão nesta caminhada.

Nossas ações visam despertar, fortalecer e empoderar. Para tornar isso possível, promovemos:

ATENDIMENTO PSICOLÓGICO

CAPACITAÇÃO

SAÚDE INTEGRAL

SENSIBILIZAÇÃO DA SOCIEDADE

Todos esses passos têm como destino a TRANSFORMAÇÃO SOCIAL. Isso é o que queremos como resultado do nosso trabalho. 

Créditos do vídeo:
Coodenação: José Manuel Uriol - Diálogos pela Liberdade
@dialogospelaliberdade

Produção executiva e Direção Criativa: 
Conectidea - Comunicação e Articulação Social
@conectidea

Roteiro: Nanda Soares

Animação e Ilustração:
Arlen Siqueira
Leonardo Moore

Locução: Rena Sucasas

Som: Flora Guerra
Maré Áudio Criativo

 

Debate sobre abolicionismo e descriminalização da prostituição

IMG_5054

Integrantes do Projeto Diálogos pela Liberdade participaram  ontem do Debate “Um século e meio de abolicionismo: prostituição, criminalização e o controle da mulher”  promovido pelo Coletivo Davida e o Observatório da Prostituição – UFRJ e que foi sediado pelo  Auditório do CRJ (Centro de referência da Juventude). Continuar lendo

Prostitutas discutem formas de romper o estigma e acessar direitos

20479509_1428634113879531_832933373163958591_n (1)

O Coletivo Davida e o Observatório da Prostituição – UFRJ promovem o ciclo de debates “Um século e meio de abolicionismo: prostituição, criminalização e o controle da mulher” por cinco cidades brasileiras: Florianópolis (3 de agosto), São Paulo (7 de agosto), Campinas (8 de agosto), Belo Horizonte (9 de agosto) e Rio de Janeiro (11 de agosto). Continuar lendo

Projeto Diálogos pela Liberdade marca presença na comemoração aos 11 anos da Lei Maria da Penha

IMG_5021

No dia 07/08/2017 alguns grupos de representação de mulheres de Belo Horizonte se reuniram na Praça Sete de Setembro em comemoração aos 11 anos da Lei Maria da Penha ( Lei nº 11.340/2006). A Lei foi sancionada em 7 de agosto de 2006, com o intuito de coibir e prevenir a violência doméstica e familiar contra a mulher. Continuar lendo

O Projeto Diálogos sensibilizando nas Escolas

20641241_1567002780011378_1869626433_o

As Irmãs Oblatas Evelyn e Priscilla, representantes do Projeto Diálogos pela Liberdade desenvolveram um trabalho de sensibilização a convite do professor Anselmo, de Formação Humana e Cristã do Colégio Magnum, quem  está realizando um projeto sobre prostituição com os alunos de 9º do ensino fundamental.   Continuar lendo

Domésticas das Filipinas são escravizadas em São Paulo

 

passaporte-visto-de-baba-filipina-resgatada-de-trabalho-escravo-em-sao-paulo-1501524568655_615x300

          Anúncio feito por agência filipina no Facebook para trabalho com visto no Brasil

Trabalhando por meses sem descanso e sem alimentação suficiente, imigrantes viviam em situação de trabalho escravo dentro de condomínio de alta renda. Continuar lendo